sábado, outubro 22, 2005

Poema de namorada

a gata misteriante
escorrega sublime
pela basculante
ronrona-se

plenamente
Morgana
dor-me

3 comentários:

Roger Jones disse...

oh ! a Mortganinha em palavras !
que bacaninha, Rita !

aline disse...

olha. a gata da rita.
ou a rita gata?

marcelo disse...

Seus poemas sao um encanto,
que até me espanto
com os sentimentos
que eles aforam em mim