quinta-feira, outubro 11, 2007

se eu fosse bicho
te unhava, arrancava um pedaço
ou então te devorava
te enredava na minha teia
me enrolava no teu corpo e sufocava
se eu fosse bicho, nem falava
só olhava armando bote
atacava
tempo de respirar?
não dava.
tavas morto se não visse
que tinha bem do teu lado
um poderoso bicho

4 comentários:

Val disse...

Hahahaha!Adorei este!

Karam Valdo disse...

hummm... mate-me, por favor! ;)

Marcus Vinicius disse...

Perfeito!

O enigma da Esfinge : "Decifra-me ou te devoro!"

Fernando disse...

Rita!

Cá estou pra te fazer essa surpresa, e gostei por demais desse poema e o do dia 8 de outubro.

E eu quero um beijo e um abraço teu.