quinta-feira, dezembro 28, 2006

Brota mais um querer
Desbotado e frágil
Nasce sem se saber
Desconhece-se roto
É borboleta - belo e breve
Quando parte, restam as asas
Ruflando coloridas no meu céu

3 comentários:

R. disse...

elétrico azul!

beijos

r.

QVINTVS FABIVS PICTOR disse...

me aguardem? Então você vem mesmo? Eba! Já estou até cantarolando a trilha sonora da sua vinda:

Na bruma leve das paixões que vêm de dentro
Tu vens chegando pra brincar no meu quintal
No teu cavalo peito nu cabelo ao vento
E o sol quarando nossas roupas no varal
Tu vens, tu vens
Eu já escuto os teus sinais

Rita disse...

hahahahaha... Anunciação, então???